FARROUPILHA
30° MÁX 19° MÍN
 |  Saúde  |  Saúde

Coordenadora da Vigilância Epidemiológica explica que não há registro de vírus da febre amarela em Farroupilha

Segundo Paulina Guizzo, apenas uma dose da vacina durante a vida é suficiente para prevenir a doença

 | Créditos: Luis Carlos Muller
Clique no canto direito-topo para ampliar.
Os recentes casos de febre amarela na região Sudeste do Brasil vem preocupando novamente a população. De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Farroupilha, Paulina Guizzo, na cidade o vírus ainda não foi constatado em macacos bugio e saguis. Entretanto, ela alerta que se um desses animais for localizado morto, não é indicado mexe-los, mas sim ligar para para a Vigilância da Saúde no 3261–1094, que encaminhará uma análise. Paulina ainda explica que apenas uma dose durante a vida é suficiente para prevenir a doença. Quem ainda não recebeu a dose deve procurar um posto de saúde com a carteira de vacinação. Por fim, ela atualizou informações sobre outras vacinas e soros antirracnídeos e antiofídico para os casos de picadas de cobras ou outros animais peçonhentos comuns nesta época do ano.

Confira a entrevista no áudio abaixo: