FARROUPILHA
30° MÁX 19° MÍN
 |  Região  |  Caxias do Sul

Vice-prefeito de Caxias propõe renúncia conjunta à Daniel Guerra e protocola moção de apoio na Câmara de Vereadores

Ricardo Fabris protocolou também o cancelamento do pedido de licença do cargo por tempo indeterminado, como já havia solicitado

O vice-prefeito de Caxias do Sul, Ricardo Fabris de Abreu, protocolou na tarde desta quarta-feira, 29, um ofício junto à Câmara de Vereadores suspendendo o pedido de licença do cargo por tempo indeterminado, que ele havia encaminhado há uma semana para que vigorasse a partir de 1º de janeiro de 2018. Ele também protocolou junto ao gabinete do prefeito Daniel Guerra (PRB) um pedido para que os dois renunciem os cargos em conjuunto para o qual foram eleitos. Os argumentos do vice-prefeito são de que a administração revela-se desastrosa.

Palavras que o vice-prefeito utiliza no texto da proposição de renúncia conjunta, demonstram que Daniel Guerra mudou sua personalidade após eleito. Confira abaixo na ìntegra:

"Conflitos acumulam-se sem parar e a cidade, onde nasci e vivo, se desarranja. Eleito, Vossa Excelência imediatamente revelou-se centralizador, autoritário, intransigente, inflexível, indiferente, insensível, impassível, inexorável e implacável, além de desrespeitoso com os demais poderes constituídos, sociedade em geral, servidores públicos e imprensa, predicados incompatíveis com o trato do munus público, embora a ominosa tentativa de disfarçá-los com um manto de legalidade. Rogo a Vossa Excelência tenha um momento de sensatez, liberte-se da vaidade e da ira que lhe consomem, de interesses partidários e da cobiça por cargos públicos e reconheça que Caxias do Sul e sua população não nos merecem. Renovo, portanto, minha proposição para que renunciemos conjuntamente e libertemos a cidade da sua incompetência para governar e da minha incompetência para refrear o seu talento destrutivo",

Fabris encaminhou também para a Câmara de Vereadores outro ofício pedindo que seja proposta uma moção de apoio à renúncia conjunta do prefeito e do vice. Durante o Fim de Expediente, Ricardo Fabris explicou sua decisão.

Confira abaixo o áudio na íntegra: