FARROUPILHA
25° MÁX 14° MÍN
 |  Saúde  |  Hospital São Carlos

"Os munícipes precisam do hospital, então o município tem que repassar o que o hospital precisa", destaca Nelson Molon

Casa de saúde necessita de R$ 2,8 milhões para pagar dívidas até 31 de dezembro

 | Créditos: Jerônimo Portolan Filho
Clique no canto direito-topo para ampliar.
A situação financeira do Hospital São Carlos vem se agravando. A dívida chega a R$ 2,8 milhões e a casa de saúde corre o risco de fechar se não conseguir este valor até o final do ano. Uma assembleia extraordinária já foi realizada nesta semana e a alternativa apresentada é que os empresários emprestem dinheiro com aval da prefeitura. A proposta deve ser debatida na próxima terça-feira, 14, com a direção, conselheiros, empresários e representantes da prefeitura.
Conforme o assessor jurídico do hospital, Nelson Molon, há documentos e dados que comprovam que se chegou a este problema por má gestão de pessoas que foram indicadas. "Os munícipes precisam do hospital, então o município tem que repassar o que o hospital precisa", destacou. Além disso, ele e o conselheiro Clarimundo Grudman comentam que o dinheiro repassado pela administração é insuficiente pelo tamanho do problema instalado na casa de saúde. O hospital também recebe doações por meio da conta bancária:

Sicredi
Agência 0167
Conta 53.832 - 4


Ouça o programa na íntegra.