FARROUPILHA
25° MÁX 14° MÍN
 |  Polícia  |  Polícia

Polícia Civil prende duas mulheres com armas e explosivos durante Operação Maratá

A ação ocorreu em função da investigação de um roubo em um banco, que aconteceu em julho deste ano

O Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil realizou a Operação Maratá, com início no dia 27 e encerramento na manhã desta segunda-feira, 30, cumprindo ordens judiciais nas cidades de Novo Hamburgo, Montenegro, Capela de Santana e Portão. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão referentes à investigação de crime de roubo com utilização de explosivos em caixas eletrônicos na cidade de Maratá. A ação criminosa aconteceu no dia 10 de julho, na agência do Banrisul da cidade. Quatro indivíduos fortemente amados entraram no autoatendimento do banco e explodiram um caixa eletrônico, efetuando tiros e levando uma quantia em dinheiro. 
A polícia prendeu duas mulheres, sendo uma de 46 e outra de 54 anos, em Capela de Santana. Na residência onde elas estavam foram apreendidos um fuzil 556, três espingardas calibre 12, um revólver .38, munições calibre 556, 12 e .38, carregadores e luneta para fuzil 556, explosivos, camisetas com a inscrição da Polícia Civil, coletes balísticos, toucas ninja, miguelitos, entre outros. O local foi submetido a perícia com o objetivo de colher material genético e auxiliar nas investigações.
De acordo com os delegados Joel Henrique Wagner e João Paulo de Abreu, a ação é resultado do extenso trabalho de investigação criminal e de inteligência desenvolvido pelos policiais da Delegacia de Roubos. As mulheres serão encaminhadas ao sistema prisional, ficando à disposição da justiça.
A Polícia Civil informa seus contatos telefônicos para auxilio nas investigações. Disque-denúncia: 0800-510 2828 e WhatsApp e Telegram: (51) 98418-7814.