FARROUPILHA
30° MÁX 19° MÍN
 |  Região  |  Caxias do Sul

"Não vi outra maneira", afirma Ricardo Fabris sobre pedido de impeachment de Guerra

Vice-prefeito de Caxias do Sul protocolou uma denúncia na Câmara de Vereadores nesta terça-feira

Documento é fundamentado em cinco tópicos | Créditos: Arquivo Spaço FM
Clique no canto direito-topo para ampliar.
Após o vice-prefeito de Caxias do Sul, Ricardo Fabris, protocolar uma denúncia pedindo o impeachment de Daniel Guerra, ele afirmou em entrevista durante o Fim de Expediente desta terça-feira, 19, que o prefeito está o impedindo de exercer o ofício. “Não vi outra maneira. É impossível, não consigo falar com o prefeito, ele não me recebe, ele continua expedindo ordem de serviço descumprindo decisão judicial, instruindo e ordenando os secretários municipais a me ignorar, qualquer ato, qualquer determinação minha”, comenta.
Além disso, ele conta que já havia pensado na possibilidade de fazer o pedido de impeachment antes. Segundo Fabris, o documento entregue na Câmara de Vereadores nesta terça é fundamentado em cinco tópicos e apresenta infrações político-administrativas, crime de responsabilidade e ato de improbidade. “Infelizmente chegamos a esse ponto. Alguma providência tem que ser tomada porque eu não posso mais tolerar o prefeito de Caxias do Sul descumprir a constituição, descumprir a lei orgânica”, pontua.
Este é o segundo pedido de impeachment de Daniel Guerra em pouco mais de um mês. O primeiro foi rejeitado por unanimidade no dia 5 de setembro. O novo pedido deve ser analisado a partir desta quinta-feira, 21, pela casa legislativa.

Confira a entrevista no áudio abaixo: