FARROUPILHA
24° MÁX 18° MÍN
 |  Política  |  Brasília

Senadora Ana Amélia Lemos defende direitos dos trabalhadores rurais e votará contra a Reforma da Previdência

Durante entrevista reproduzida no programa Panorama, ela também cobrou que pequenos produtores não sejam penalizados na Operação Carne Fraca

 | Créditos: Divulgação
Clique no canto direito-topo para ampliar.
A senadora Ana Amélia Lemos (PP) se mostrou contrária em relação à Reforma da Previdência do modo como foi apresentada no Congresso. Conforme a senadora, ela não votará na proposta, pois é contra a retirada dos direitos dos trabalhadores rurais e urbanos. “Desde o ano passado também venho me manifestando que não votaria em nada que viesse tirar os direitos dos trabalhadores rurais, da agricultura familiar. Acho que o governo errou porque esse é um governo de transição e não poderia colocar em votação matérias que precisariam de um respaldo popular muito grande não só na previdência, mas também em outras reformas”, afirmou. Além disso, sobre a Operação Carne Fraca, ela defendeu que os pequenos produtores de aves, suínos e gado, que fornecem seus animais para a agroindústria, não sejam penalizados. “Apoiamos todas as operações da Polícia Federal e das investigações do Ministério Público em qualquer setor, mas é preciso fazer de forma responsável para que não prejudique a economia e os pequenos produtores paguem essa conta.” A senadora declarou que os órgãos deveriam ter se concentrado nas questões de irregularidades e de fraudes, não colocando em dúvida a qualidade da carne do nosso país, já que a conquista da exportação desse mercado representa um grande peso para e economia, que não se recupera rapidamente.
O atual momento e as perspectivas do cenário econômico e político do país devem ser abordados por Ana Amélia na próxima segunda-feira, dia 27, na reunião-almoço da Câmara de Indústria e Comércio (CIC), em Caxias do Sul.